Como funciona um departamento de TI?

Como funciona um departamento de TI?

Muitas pessoas quando se referem ao departamento de TI, não fazem ideia da diversidade de funções que ele precisa executar nas empresas. 

A variedade é tamanha que, além da opção de ter uma equipe interna, muitas empresas optam por terceirizar todo o trabalho com prestadores de serviço, enquanto outras escolhem uma solução intermediária. 

Essa terceira opção, intermediária, onde o prestador de serviços interage com a equipe própria da empresa, é bastante utilizada hoje em empresas modernas e produtivas, evitando que elas precisem manter equipes multidisciplinares com alto custo mensal. 

Serviços de responsabilidade da TI

Como a variedade é muito grande, vamos procurar entender nesse post apenas alguns dos principais serviços de responsabilidade do departamento de TI. 

Dependendo da atividade da empresa, alguns deles podem ter mais ou menos importância, mas de forma geral são essenciais para todos os negócios.

Atendimento ao usuário

Um ponto fundamental para a produtividade é que os profissionais de cada área – administração, RH, finanças, produção etc. – estejam completamente focados no seu trabalho e que os recursos tecnológicos estejam disponíveis todo o tempo. 

Caso tenham alguma dificuldade, o que inevitavelmente acontece no dia a dia, é preciso uma intervenção imediata do suporte de TI, seja ele interno ou terceirizado. 

Esta intervenção pode ser feita, basicamente, de duas formas: 

1- Service Desk

O Service Desk é um forte ponto de contato entre o departamento de TI e os usuários, tendo como objetivo garantir a disponibilidade de toda a infraestrutura de TI. 

Um bom Service Desk precisa contar com profissionais que aliem competência técnica a boa capacidade de comunicação, além de paciência, cortesia, gentileza.

Essas características, que se enquadram nas hoje tão mencionadas soft skills, são muito importantes para lidar com a urgência das pessoas quando se deparam com algo que impede que cumpram suas funções. O Service Desk é fundamental para centralizar todas as demandas dos usuários, bem como acompanhar com precisão o atendimento dessas solicitações através de um sistema organizado de abertura e fechamento de chamados.

2- Field Services

Muitas vezes o atendimento à distância do Service Desk não é suficiente e o deslocamento físico de profissionais de TI às instalações se faz necessário. 

Mais que no Service Desk, profissionais que atuam nessa área precisam aliar competência técnica às soft skills citadas anteriormente, pois quando a presença se faz necessária, é possível que a urgência seja ainda maior, o que pode gerar mais tensão nos usuários. Entretanto, é importante destacar que Field Services devem ser oferecidos de forma preventiva, evitando que a infraestrutura de TI fique indisponível em algum momento.

Serviços de Backup 

Não seria exagero dizer que a perda total ou parcial de dados é algo quase inevitável, o que tem causado grandes prejuízos para as empresas.

Houve um grande crescimento com isso a partir do intenso uso de dispositivos móveis para acesso remoto a informações.

Além das naturais falhas humanas, de software e de hardware, uma ameaça cada vez mais presente são ataques cibernéticos como ransomware e phising.

É muito importante que a direção da empresa avalie junto ao departamento de TI as opções de backup disponíveis e no caso de decidir pelas sua terceirização, que procure um prestador de serviço da mais alta confiança.

Cloud Computing

A Computação em Nuvem, ou Cloud Computing, traz diversas facilidades para o ambiente corporativo, dentre as quais podemos destacar:

1- Redução de Custos

Em vez de manter um Data Center de alto custo, que exige tecnologias avançadas para ter alta disponibilidade além ser ágil e seguro, utilizar a solução em nuvem é algo que reduz dramaticamente os custos de operação.

2- Armazenamento e Backup

Um dos maiores benefícios da Computação em Nuvem é a facilidade para armazenar grandes volumes de dados de uma forma segura, com um backup de alta disponibilidade no caso de algum incidente;

3- Escalabilidade

Cloud Computing oferece a escalabilidade perfeita para um ambiente corporativo competitivo, permitindo enxugar ou expandir atividades com grande agilidade. 

Esse é um dos pontos onde a terceirização é mais eficaz, mas exige também que haja grande confiança no prestador de serviços escolhido.

Segurança

A cada dia os hackers e crackers aperfeiçoam seus métodos de ataque, o que faz com que evitá-los seja uma tarefa cada vez mais complexa. 

Profissionais de segurança precisam se atualizar constantemente, o que torna a opção de terceirização da segurança muito atraente. Uma boa equipe de especialistas em segurança traz confiança e tranquilidade para a empresa focar nos negócios, o que faz com que esta seja uma das funções mais importantes do departamento de TI.

Administração de Redes

A disponibilidade da infraestrutura de TI exigida hoje nas empresas é muito alta e a administração do Data Center, com seus roteadores e servidores, exige bastante competência do departamento de TI. De nada adianta o desenho de belas soluções de Cloud Computing se o acesso não for rápido, seguro e disponível 24 horas por dia.

Conclusão

Diante da diversidade e complexidade das atividades de um departamento de TI, dentre as quais apresentamos algumas das principais, cabe à direção da empresa, como dissemos no começo do post, decidir sobre manter uma equipe interna ou optar pela terceirização. 

A terceirização – ou outsourcing – de parte dos serviços tem sido uma forte tendência, permitindo aliviar a pressão de ter uma equipe multidisciplinar que certamente representa um custo mais alto, inclusive com os constantes cursos de aperfeiçoamento necessários para manter os profissionais atualizados. 

Em um próximo post, falaremos de mais alguns serviços do departamento de TI e suas especificidades. 

Acha que alguma coisa pode ficar mais clara ou quer fazer uma sugestão qualquer, como a de um futuro tema? Use o espaço abaixo para interagir conosco, saiba que será um prazer atender sua solicitação.